Abóbora e Seus Benefícios

A cor que escolhi para a bonequinha da nossa logomarca já mostra que sou louca por alimentos de coloração amarela e alaranjada. A abóbora é um dos meus prediletos, confesso que os meninos da Família não são tãaao fãs quanto eu, mas as mulheres com certeza são ou passarão a ser depois de ler esse post:-))

Além de ser saborosa, a abóbora é um alimento que emagrece, rejuvenesce, fortalece o sistema imunológico e evita doenças, tudo isso graças aos seus ricos nutrientes. O betacaroteno é o antioxidante responsável pela coloração alaranjada, ele diminui o risco de câncer, derrame e doenças cardíacas.

As fibras e a água ajudam a eliminar gorduras e a regular o intestino. Apesar de conter carboidratos em sua composição, 100 gramas da sua polpa contém apenas 20 calorias! Contém minerais como o zinco (melhora a imunidade) e o ferro e vitaminas A, C, E, B3 (niacina) que estimula a formação do colágeno e revigora a pele, proteínas e pouquinha gordura. Acreditem, mas as vezes no meu café da manhã, eu como abóbora antes de malhar…rsrs

Veja abaixo os tipos deste vegetal que vai bem com tudo:

  • Moranga (casca alaranjada): consumida em refogados, sopas ou assada. Famosa pelo camarão na moranga.
  • Seca (Gigante – casca manchada): mais indicada para pães funcionais e doces.
  • Japonesa ou Cabotiã (casca escura): por ser consistente e menos úmida, é usada em pratos salgados, purês, sopas e saladas (assada ou cozida).
  • Baianinha ou Paulistinha (Pequena – casca manchada): parecida com a seca, mas é bem menor. Usada em sopas, refogados e chutney.

Dica da Família Funcional

Tudo se aproveita da abóbora! Que tal colocar as sementes no forno para assar com sal e azeite extravirgem e servir em seguida como aperitivo?

Elas são ricas em substâncias que amenizam os efeitos da menopausa e TPM, além da presença de minerais importantes para o nosso organismo, como: ferro, zinco, fósforo, potássio e magnésio.

Diane Leal
Diane Leal
Nutricionista há 18 anos, apaixonada por alimentação saudável e funcional, e há 3 anos, mudou completamente a rotina alimentar (e a vida) da família. CRN/SP 12162

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *