CURE SUA DIABETES

Vou te dar uma boa notícia!
Se você ou algum conhecido seu, foi diagnosticado com diabetes tipo 2, saiba você não é obrigado a conviver com ela pelo resto da vida, é possível que você reverta esse quadro da sua saúde com alimentação saudável, bons hábitos de vida e persistência.

Ao consumir carboidratos em excesso, você pode se tornar resistente á insulina (hormônio responsável por transportar a glicose do sangue para ás células), e como consequência, você pode se tornar diabético.

Quando seu organismo percebe que você está consumindo glicose demais, ele se protege, impedindo que o açúcar entre nas células, assim, a glicose continua no sangue e você é diagnosticado com diabetes tipo 2 em exames de sangue.

Mas como qualquer doença, ela não surge de um dia para o outro, ela é decorrente de maus hábitos antigos.

Para reverter esse quadro é necessário criar novos hábitos como:
-Realizar atividade física regular
-Diminuir pães, massas, arroz, raízes, frutas, açúcar e álcool.
-Deixar de fumar se for o caso
-Ingerir nutrientes de fontes confiáveis como legumes e verduras.
-Ser persistente, a mudança do diagnóstico pode demorar em alguns casos, mas os resultados de uma alimentação saudável não falham.

Mas para que você tenha uma melhor informação de como se alimentar após esse diagnóstico, preparei pra você algumas substituições alimentares, veja:

Sucos
Embora sejam saudáveis (indiscutível), geralmente levam muitas unidades da mesma fruta em um único copo. 300ml de suco de laranja, por exemplo, tem glicose suficiente para levar a glicemia ás alturas por conter frutose (açúcar natural da fruta). Então, prefira sempre comer a fruta e se estiver com sede, beber água.
Ah, acho que nem preciso dizer que sucos de caixinha estão fora de questão, né? rs

Açúcar e mel
Eles têm sacarose, então, se precisar adoçar algo, prefira adoçantes como estévia, xylitol e eritritol, que podem ser usados em chás, vitaminas e cafés.
Mas em todo caso, tente sempre sentir o gosto natural das preparações, sem adoçar.

Arroz branco
Os carboidratos presentes neste alimento são digeridos mais lentamente pelo organismo, liberando a glicose em pequenas doses. Prefira o arroz integral (em pequenas quantidades), pois tem fibras, o que prolonga a sensação de saciedade e aumenta o tempo de absorção completa.
Se você gosta muito do arroz e não consegue viver sem ele, tente sempre adicionar a ele algum grão, como a chia e a linhaça. Os grãos agregarão nutrientes e fibras.

Cereais refinados
Novamente, dê preferência aos integrais, porque retardam a absorção de glicose, facilitando o controle da glicemia. Alguns exemplos são:
Farelo de aveia
Linhaça
Amaranto
Quinoa
Sementes de girassol e de abóbora, etc.

Industrializados
Evite todos! Eles são ricos em sódio e anti-nutrientes. Prefira alimentos naturais, como frutas, verduras, legumes e grãos. Mas claro, tudo com moderação!

Gordura vegetal
Prefiras sempre as gorduras naturais como a manteiga, óleo de coco, azeite de oliva extra-virgem e banha de porco. Mas uma vez: com moderação.

Sal
Escolha temperos naturais, como alho e cebola, e invista em ervas (salsa, orégano, manjericão e alecrim) para dar mais sabor. Talvez seja a hora de ter uma hortinha em casa. O que acha?

Um beijo,

Diane Leal
Diane Leal
Nutricionista há 18 anos, apaixonada por alimentação saudável e funcional, e há 3 anos, mudou completamente a rotina alimentar (e a vida) da família. CRN/SP 12162

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *